A editora japonesa Kodansha anunciou nesta terça-feira os resultados do 33º Annual Manga Awards.

Melhor Mangá Infantil

História: Kaoru Hayamine, Arte: Kei enue
Meitantei Yumemizu Kiyoshirō Jiken Nota
Serializada na Livraria Nakayoshi (Kodansha)

Melhor Mangá Shōnen

Motohiro Katou
Q.E.D.
Serializada na Revista E-no (Kodansha)


Hiro Mashima
Fairy Tail
Serializada semanalmente na Revista Shonen (Kodansha)
Publicado na América do Norte por Del Rey

Melhor Mangá Shōjo

Ryo Ikuemi
Kiyoku Yawaku
Serializada na Mensal Cookie (Shueisha)

Melhor Mangá Geral

Kosuke Fujishima
Aa Megami-sama (Ah! My Goddess / Oh My Goddess!)
Serializada na Monthly Afternoon (Kodansha)
Publicado na América do Norte pela Dark Horse Comics

Prêmio especial do centésimo aniversário da Kodensha

Ashita no Joe, de Tetsuya Chiba

Os vencedores serão homenageados em uma cerimônia no Grand Prince Hotel Akasaka, em Chiyoda Ward de Tóquio. Cada vencedor receberá um certificado, uma estátua de bronze e um milhão de ienes (cerca de dez mil dólares). Os sete membros da comissão julgadora incluiam Miwa Ueda (Peach Girl), Junko Karube (Kimi no te ga Sasayaite iru), Shūichi Shigeno (Initial D), Daisuke Terasawa (Mister Ajikko), Nobuyuki Fukumoto (Akagi), Yukari Fukumoto, e George Morikawa (Hajime no Ippo). Shugo Chara!, Saikyō! Toritsu Aoizaka Kōkō Yakyūbu, Kimi ni Todoke e Moyashimon ganharam os prêmios do ano passado.